A história da Jaqueta Bomber um tremendo sucesso, ainda mais agora com o filme Top Gun: Maverick



A jaqueta bomber, que está fazendo um tremendo sucesso nessas últimas temporadas, tem uma história que começa por volta de 1940, quando o mundo presenciava a 2ª guerra mundial.

Com o advento do combate aéreo durante a guerra, os pilotos precisavam de roupas que fossem funcionais (em clima frio e alta altitude), enquanto ainda fossem úteis também para quando estivessem fora dos aviões. À medida que a tecnologia de vôo avançava, os cockpits tornaram-se mais apertados e os aviões podiam voar cada vez mais alto. São esses detalhes que estimularam a inovação em couro, lã e nylon impermeável.

Foi assim que nasceu a primeira jaqueta bomber, intitulada A-2.

A jaqueta era feita de couro, com um zíper frontal, gola dobrada, dois bolsos de abas que adornam a frente da jaqueta (para carregar itens) e os punhos e a parte de baixo do quadril com tecido elástico (para não deixar o vento passar).

A evolução da A-2 foi a B-15, que foi criada para atender às novas necessidades dos pilotos, que atingiam planos mais altos e mais rápidos. Na B-15 foi fixado um colarinho de pele, além de usar um material mais sintético (reduzindo o volume total do casaco). Além disso, a nova jaqueta ganhou um bolso com fecho de correr na manga e os bolsos “cortados” que, até hoje, adornam as bomber jackets.

A última atualização da jaqueta é a que acabou se tornando uniforme oficial dos pilotos durante muito tempo e é a que mais se parece com as jaquetas que usamos nos dias de hoje. Trata-se da MA-1, que traz um tecido mais leve (feito de nylon impermeável) e uma gola feita de malha elástica (a mesma dos pulsos e do quadril).

Um detalhe da MA-1, que hoje já não existe mais, é o uso do tecido interno na cor laranja. Isso servia para os pilotos usarem a jaqueta de forma reversível, chamando a atenção, durante procedimentos de resgate.

E para quem sempre teve a dúvida do porquê existir esse bolso lateral de zíper na manga esquerda, ele foi criado para os pilotos guardarem seus maços de cigarros. E para lembrar os pilotos de deixarem os maços de cigarros em terra, era comum ter uma fita amarrada no bolso dizendo “Remove before flight” (remover antes do voo).

Depois de um bom tempo a jaqueta saiu do universo militar e começou a ser usada por outros trabalhadores e, por fim, acabou caindo no gosto da população.

Hoje a jaqueta bomber pode ser encontrada em diferentes modelos, tecidos e estampas. Fonte: modaparahomens.com.br – Por Guilherme Cury

Destaques
Posts Recentes
Busca por Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Ícone do App Instagram